Noticias

União formaliza doação de áreas para Habitação, Transportes e Sáude

 

 26/03/2018

A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) formalizou no último sábado, 24 de março, a doação de diversas áreas para a Prefeitura Municipal de Campinas, em cerimônia que aconteceu na Sala Azul e que contou com a presença do vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira, do secretário do Patrimônio da União do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Sidrack de Oliveira Correia e do superintendente da SPU/SP, Robson Tuma.

 

Para a Habitação a SPU concede um Termo de Guarda Provisória de Terrenos para Projetos Habitacionais de Interesse Social, cujo estudo prevê inicialmente a construção de 3,3 mil unidades habitacionais, parques, áreas verdes, de lazer além de contemplar projetos de Regularização Fundiária. As áreas somadas representam 946 mil m2 e estão localizadas nas regiões dos bairros Castelo, Cambuí e entre a Avenida das Amoreiras e Rodovia Santos Dumont, indo até o Aeroporto Internacional de Viracopos.

 

Samuel Rossilho, secretário de Habitação, diz que as áreas são nobres e que uma discussão neste sentido já havia sido iniciada durante o Plano Diretor Estratégico.

“Estamos trabalhando num projeto que une as áreas de Habitação, Transportes e Saúde e essas áreas juntas somam mais de um milhão de metros quadrados. Vamos utilizar os vazios urbanos para oferecer moradias, acelerar nosso projeto de Regularização Fundiária e, assim, dar dignidade e um endereço às famílias que esperam por isso há décadas”, disse.   

 Para a Secretaria de Transportes foi concedida uma Autorização de Guarda e Cessão Provisória Gratuíta de oito terrenos. As áreas doadas para esta finalidade somam 265,9 mil m2 e o objetivo é usá-las no primeiro trecho do Corredor Campo Grande do Bus Rapid Transit (BRT) e em todo o corredor perimetral. Os terrenos são faixas de terras do antigo Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) entre os bairros Bonfim, Botafogo, Cidade Jardim e Campos Elíseos.

 

Segundo o secretário de Transportes, Carlos Barreiro, o projeto vai oferecer transporte a 250 mil dos 652 mil passageiros que utilizam hoje o sistema.

 

“Vamos utilizar os leitos desativados do antigo VLT. Esse sistema integrado vai valorizar as áreas abrangidas pelo projeto e, mais, sem gerar poluição, já que os ônibus serão 100% elétricos. A meta é concluir as obras até maio de 2020”, completou.

Ainda para a área da Saúde, foi doado um prédio de cinco andares com elevadores e acessibilidade na Avenida Francisco Glicério onde vai funcionar a Policlínica II. Atualmente a Policlínica II ocupa um imóvel na Avenida Campos Sales onde são atendidas diariamente entre 500 pessoas. O projeto de adaptação é da Secretaria de Infraestrutura e a reforma está orçada em R$ 2 milhões.

Para o secretário municipal de Saúde, Cármino de Souza, essa solução vem sendo buscada há 25 anos mas só agora está se tornando realidade. 

 “O prédio que a SPU nos doa está localizado em uma região nobre da cidade, na principal avenida que já foi totalmente revitalizada. O prédio tem área total de 3 mil m2 e terá profissionais aptos a atenderem 11 especialidades”, afirmou.

 

O secretário da SPU, Sidrack de Oliveira, afirmou que a União está buscando dar dignidade às famílias.

 

“Não estamos medindo esforços na busca de alternativas. Estamos oferecendo orgulhosamente ao povo de Campinas essas terras que estavam escondidas até hoje, sabe-se lá por que motivos e por quais interesses”, concluiu.

 

Mesma opinião tem  Robson Tuma, superintendente da SPU/SP.

 

“Meu pai dizia que não se pode chamar alguém de cidadão sem oferecer cidadania a essa pessoa. E é isso que estamos fazendo ao doar essas áreas para a cidade de Campinas”, acrescentou.

 

Ao final do evento, após as assinaturas dos termos de doação, o vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira, disse da gratidão com que a cidade recebe essas áreas.

 

“Agradeço inicialmente ao prefeito Jonas Donizette por permitir que eu e o secretário de Relações Institucionais, Wanderley de Almeida, conduzíssemos este processo junto à SPU. Nossa cidade recebe este prêmio que se tornou imprescindível para a Saúde, Habitação e Transporte e afirmo que seremos eternamente gratos à SPU por este ato magno e pelo apoio de sempre. Minha história política e de vida está construída nesta cidade e não mediremos esforços para promover o bem estar à nossa população”, finalizou.

 

Participaram ainda da solenidade o vereador Permínio Monteiro, neste ato representando a Câmara Municipal, deputados federais, secretários e diretores da administração.

 

A SPU destinou ainda um imóvel para o município de Marília e que será utilizado pela Faculdade de Medicina da cidade. O prefeito de Marília, Daniel Alonso, e a delegação da cidade saíram felizes com a doação do prédio de 18,8 mil m2 que será também compartilhado pelo Tribunal Regional Federal (TRF3).

 

localização da cohab campinas
webmail cohab campinas
Horário de atendimento ao público de segunda a sexta-feira:

SERVIÇOS DE COBRANÇA - (CCOB) - 08:00 às 16:30h

ORIENTAÇÕES LIQUIDAÇÕES E FUNDOS - (CLFU)- 08:00 às 16:00h

ORIENTAÇÃO REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA - (CSOC) - 08:00 às 14:00h

ORIENTAÇÕES (TRANSFERÊNCIA E COMERCIALIZAÇÃO) CADASTRO E ATUALIZAÇÃO - (CCOM e CSOC) - 08:00 às 16:00h

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - (SIC) - TRIAGEM E INFORMAÇÕES GERAIS - ORIENTAÇÕES FUNDAP/SEHAB - 08:00 às 16:30h


Clicando aqui você terá informações detalhadas a respeito de todos atendimentos realizados pela Cohab.

Atendimento Web
Ouvidoria Cohab Campinas
Informações sobre concurso público
Portal da transparência
Acervo cultural
Acervo cultural