Noticias

Campanha educativa da Cohab-Campinas tem como foco o Câncer

 

 

Edison Souza
A Coordenadoria de Recursos Humanos da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas) promove a terceira atividade referente à campanha educativa deste mês de abril, considerado o Mês da Saúde. Desta vez, o tema abordado é o Câncer.
Durante a semana, os funcionários, colaboradores e o público em geral vão receber informações sobre a doença que, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), deve registrar 500 mil novos casos somente no Brasil em 2013.  

A Organização das Nações (ONU) afirma categoricamente que entre 2010 e 2030, cerca de 260 milhões de pessoas morrerão de Câncer em todo o mundo já que, de acordo com os especialistas, não são esperadas grandes descobertas científicas, nem saltos espetaculares na ciência médica nesse período. Em outras palavras, serão 13 milhões de mortes por alguma forma de Câncer, em média, anualmente.

Números preocupantes

Para citar um só exemplo, ainda segundo os especialistas, o número de pessoas obesas vem crescendo no Brasil e a obesidade traz com ela várias formas de Câncer. Mais de 50% da população adulta brasileira está com sobrepeso e cerca de um terço das crianças também. Os problemas mais comuns relacionados ao Câncer, e gerados pela obesidade, são doenças renais, de próstata, mama e intestino grosso.

De acordo com o médico Lisias Nogueira Castilho, diretor clínico do Instituto do Radium, em Campinas, os números são tão assustadores quanto a doença em si, pois estima-se que uma a cada três pessoas que morrem de causas naturais morra de alguma das muitas formas da doença.“A situação é preocupante. Em outras palavras, as estatísticas mostram que uma a cada três pessoas que lerem esta reportagem terá de enfrentar algum tipo de Câncer. A doença tem cura, porém o diagnóstico precoce é fundamental. Os homens , por exemplo, têm vergonha de realizar o toque retal, exame preventivo do Câncer de próstata, e essa vergonha pode lhes custar a vida”, preveniu o especialista.

Ainda de acordo com Castilho, autor do livro “Doutor, é Câncer?”, é primordial evitar a doença, pois, sem dúvida, qualquer pessoa que já acompanhou o tratamento de um parente ou amigo com Câncer avançado sabe o quanto isso custa, do ponto de vista emocional, econômico e, principalmente, de qualidade de vida. “A situação é preocupante e o livro que escrevi sobre o tema tem a intenção de ajudar pacientes e seus familiares a lidar com as dificuldades físicas e emocionais decorrentes da enfermidade”, completou Castilho.

Prevenção

Além dos fatores relacionados ao comportamento das pessoas, existe ainda a prevenção de tumores de origem genética e esta prevenção somente é possível através de um diagnóstico precoce.

Portanto, é indispensável realizar exames de rotina e também  exames específicos, no caso de pacientes que já tenham histórico familiar de algum tipo de Câncer. Exemplo: as mulheres a partir dos 25 anos devem realizar o exame ginecológico preventivo (Papanicolau) para diagnosticar o câncer de colo de útero; a partir dos 40 anos, devem realizar mamografias periódicas para diagnosticar a presença do Câncer de mama.
No caso dos homens, recomenda-se a realização de exames para detectar a presença de Câncer de próstata a partir dos 45 anos. Aos pacientes com histórico familiar de câncer de mama ou próstata, a idade recomendada para o início desses exames é menor. Para as que já possuem histórico familiar de algum outro tipo de câncer, recomenda-se a realização de exames específicos, como a colonoscopia.
Dicas para se proteger do Câncer

Parar de fumar
Reduzir a ingestão de álcool
Ter uma alimentação saudável
Diminuir o consumo de sal, açúcar e gordura
Fazer exercícios regularmente
Diminuir o peso
Evitar exposição ao sol entre 10h e 16h
Busca ativa do Câncer de mama em todas as mulheres acima dos 40 anos
Busca ativa do Câncer de próstata em todos os homens acima dos 45 anos
Realizar avaliação médica periódica

Na última reportagem da série o tema escolhido será o mau humor.

 

Mais informações: Assessoria de Imprensa Sehab e Cohab - Rita Hennies  e Edison Souza – Fones: 3119-9503 / 9523

 

 

 

localização da cohab campinas
webmail cohab campinas
Horário de atendimento ao público de segunda a sexta-feira:

SERVIÇOS DE COBRANÇA - (CCOB) - 08:00 às 16:30h

ORIENTAÇÕES LIQUIDAÇÕES E FUNDOS - (CLFU)- 08:00 às 16:00h

ORIENTAÇÃO REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA - (CSOC) - 08:00 às 14:00h

ORIENTAÇÕES (TRANSFERÊNCIA E COMERCIALIZAÇÃO) CADASTRO E ATUALIZAÇÃO - (CCOM e CSOC) - 08:00 às 16:00h

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - (SIC) - TRIAGEM E INFORMAÇÕES GERAIS - ORIENTAÇÕES FUNDAP/SEHAB - 08:00 às 16:30h


Clicando aqui você terá informações detalhadas a respeito de todos atendimentos realizados pela Cohab.

Atendimento Web
Ouvidoria Cohab Campinas
Informações sobre concurso público
Portal da transparência
Acervo cultural
Acervo cultural