Noticias

Padaria Comunitária da Vila Olímpia já é autossuficiente

 14/08/2013

Os cooperados que administram a Padaria e Confeitaria  Comunitária da Vila Olímpia, na região norte, estão dando um passo decisivo na consolidação efetiva do empreendimento que é a independência financeira em relação ao poder público.

O projeto de economia solidária criado pela Prefeitura em dezembro de 2012, tem como objetivo gerar trabalho e renda para os moradores do bairro, e é composto  por famílias que vieram de áreas de grande vulnerabilidade social, como a Rua Moscou, por exemplo.

A Padaria e Confeitaria Comunitária Vila Olímpia surgiu a partir de uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Campinas, através da Secretaria de Trabalho e Renda que, em parceria com o governo federal, utilizou recursos do Programa de Aceleração do Crescimento da Região do Ribeirão Anhumas (PAC-Anhumas),adaptando e equipando o espaço físico. O desenho do projeto foi feito pelo arquiteto Júlio César Martins Brandão, da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab).

Segundo Ana Rita Mantoanelli Salgado, cooperada mais antiga do projeto, atualmente sete cooperados se revezam em turnos de sete horas de trabalho. “Nós mesmos somos responsáveis pela compra dos insumos, ficando como fomento da Prefeitura o pagamento de água, luz e gás por um prazo de dois anos. Cada cooperado consegue uma retirada mensal de R$ 1 mil e este projeto tem dado sentido às nossas vidas”, completou.

De acordo com a assistente social da Sehab, Eliete Sampaio, que acompanha o projeto, o PAC Anhumas fez um investimento em torno de R$ 200 mil, valor considerado pequeno diante dos benefícios que o empreendimento trouxe para o bairro e para as famílias empreendedoras. Essas famílias oriundas  de área de risco tiveram pouco acesso a postos de trabalho e hoje garantem emprego e renda num projeto que é referência em Campinas”, afirmou.

Como consolidação da autossuficiência,  o grupo produz em média 2 mil pães por dia, além de bolos, salgados e pizzas. Vale a pena ressaltar que os cooperados já estão aceitando encomendas para festas e confraternizações  sendo que, futuramente, poderão atender à demanda de eventos da própria prefeitura. Outra grande novidade é que na região está sendo construído o Residencial Takanos que vai acomodar 600 novas famílias e essas pessoas certamente aumentarão a clientela da padaria.

O diretor da Secretaria de Habitação, Rodrigo Paradella entende que os cooperados se uniram e venceram muitos desafios. “Quando a gente encontra pessoas dispostas a mudar de vida, basta que se dê a elas um pequeno empurrão. Essas pessoas tiveram ousadia e hoje estão colhendo os frutos de um trabalho realizado com seriedade”, pontuou.

Para o secretário de Habitação e presidente da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas), o projeto é inovador e pode ser imitado no futuro. “Nada na vida vem de graça e o sucesso de qualquer projeto é uma mistura de trabalho e oportunidade. Que este bom exemplo possa ser copiado também por outras comunidades”, concluiu.

 O Início

A prefeitura já possuía alguns equipamentos de padaria. Com os recursos do PAC e o apoio do Banco Popular da Mulher (órgão administrador de recursos advindos de multas trabalhistas e que são revertidos para ações de geração de renda), conseguiu complementar os equipamentos e adquirir os utensílios necessários para a inauguração ocorrida em dezembro de 2012.                  

Agora em 2013 os cooperados estão sendo acompanhados pela equipe de economia solidária, além de terem participado de uma oficina de “Aperfeiçoamento na produção e gestão do negócio”.

O empreendimento visava atender, inicialmente, cerca de 2 mil pessoas que vivem nas 619 residências da vila. No entanto a previsão é que a demanda aumente rapidamente.

Além da formação específica em padaria e confeitaria, o projeto propiciou cursos de higiene e manipulação de alimentos, gestão de pequenos negócios e empreendedorismo coletivo solidário. Ainda estão inseridas no programa noções de economia solidária, confecção, artesanato e tratamento de resíduos sólidos.

A padaria comunitária fica na Rua da Natação, 250, Vila Olímpia.

localização da cohab campinas
webmail cohab campinas
Horário de atendimento ao público de segunda a sexta-feira:

SERVIÇOS DE COBRANÇA - (CCOB) - 08:00 às 16:30h

ORIENTAÇÕES LIQUIDAÇÕES E FUNDOS - (CLFU)- 08:00 às 16:00h

ORIENTAÇÃO REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA - (CSOC) - 08:00 às 14:00h

ORIENTAÇÕES (TRANSFERÊNCIA E COMERCIALIZAÇÃO) CADASTRO E ATUALIZAÇÃO - (CCOM e CSOC) - 08:00 às 16:00h

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - (SIC) - TRIAGEM E INFORMAÇÕES GERAIS - ORIENTAÇÕES FUNDAP/SEHAB - 08:00 às 16:30h


Clicando aqui você terá informações detalhadas a respeito de todos atendimentos realizados pela Cohab.

Atendimento Web
Ouvidoria Cohab Campinas
Informações sobre concurso público
Portal da transparência
Acervo cultural
Acervo cultural