Notícias

Operação Verão é encerrada em Campinas sem acidentes fatais

 

 

A Defesa Civil de Campinas, junto ao prefeito Jonas Donizette, apresentou na manhã desta sexta-feira, 26 de abril, os números finais da Operação Verão 2012/2013, realizada entre os dias 1º de dezembro do ano passado e 15 de abril deste ano. “Não tivemos perdas de vida humana decorrentes do período de chuvas. Esse sempre será o foco e atingimos esse objetivo. Além disso, temos muito a comemorar, pois o trabalho da nossa Defesa Civil é parâmetro no Brasil”, resumiu Jonas.
Este ano, Campinas teve mais dias de chuva e maior índice pluviométrico quando comparado aos últimos anos. No entanto, o impacto foi bem reduzido em relação aos últimos anos. “Nossa integração com outras esferas do poder público e o Plano dos 100 Dias desta gestão foram essenciais para que o trabalho fosse bem realizado. Além disso, Campinas está fortalecida ao entrar no programa Cidades Resilientes, da Organização das Nações Unidas (ONU)”, completou o diretor da Defesa Civil, Sidnei Furtado.

Confira abaixo os números da Operação Verão 2012/2013

  • A Defesa Civil efetuou 34 mil visitas de esclarecimento a famílias residentes no entorno das áreas de risco. Na operação passada haviam sido 24 mil. Na retrasada, apenas 7.402. 
  • Dos 136 dias de Operação Verão, 120 tiveram chuva em algum momento do dia ou região da cidade. O volume pluviométrico total de 1.273 milímetros; 
  • O número de ocorrências atendidas pela Defesa Civil foi de 1.799, contra 1.429 em 2012 e 7.200 em 2011; 
  • 1.327 boletins meteorológicos, bem como 2.009 alertas emitidos pelo Sistema TerraMA2 (que auxilia a Defesa Civil na previsão meteorológica) foram gerados para divulgação neste ano. Em 2012, foram 1.189. Em 2011 haviam sido 491; 
  • Foram feitas 45 interdições de imóveis no âmbito da Secretaria de Habitação e outras 33 por meio da Secretaria de Urbanismo. Esta última, em parceria com a Defesa Civil, realizou um total de 126 vistorias. 
  • Na operação de 2012, foram 50 visitas, contra 74 em 2011. Porém, no ano passado, as chuvas causaram a demolição de 54 casas, realizadas pela Secretaria de Habitação. Na operação retrasada, 359 casas foram demolidas.
  • A Secretaria do Verde e Desenvolvimento sustentável vistoriou 22 açudes no intuito de encontrar pontos críticos e fazer trabalho de prevenção. Em 2012 foram 25 visitas, contra 29 em 2011; 
  • Sobre a Secretaria de Serviços Públicos: 2 mil bocas de lobo foram limpas, 5 toneladas de terra e os mais diversos objetos (como pneus, garrafas de plástico, peças de computador, calçados e móveis velhos) foram recolhidos, 126 árvores foram removidas pelo Departamento de Parques e Jardins (DPJ), 85.179 buracos foram tapados por 10 equipes trabalhando diariamente, 3 quilômetros de pavimento asfáltico foram recuperados (receberam pavimento novo) e 7,2 mil toneladas de entulhos e detritos de áreas de risco do trecho entre o Jardim Conceição ao Distrito Sousas e levadas para a Usina Recicladora de Material (URM). 

- Pela Secretaria de Secretaria de Cidadania, Assistência e Inclusão Social, 30 pessoas foram desalojadas e retornaram para suas casas, quatro outras estão em abrigos municipais. Durante a Operação Verão, 25 colchões foram entregues e outras 11 cestas básicas.

Cidade Resiliente
Campinas tornou-se, nesta gestão, uma Cidade Resiliente, que é aquela que tem a capacidade de resistir, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de um desastre e, de maneira organizada, com a população treinada, prevenir e evitar a perda de vidas e bens.
Apenas 36 cidades brasileiras fazem parte do programa “Construindo Cidades Resilientes: Minha Cidade Está se Preparando”, que integra a campanha “Estratégia Internacional Para a Redução de Desastres”, da Organização das Nações Unidas (ONU); É importante frisar que Campinas foi o primeiro município do estado a se tornar resiliente. Após isso, outras 14 cidades adotaram o modelo de Campinas, que deu auxílio a todas a entrarem para o programa da ONU.

 

localização da cohab campinas
webmail cohab campinas
Horário de atendimento ao público de segunda a sexta-feira:

SERVIÇOS DE COBRANÇA - (CCOB) - 08:00 às 16:30h

ORIENTAÇÕES LIQUIDAÇÕES E FUNDOS - (CLFU)- 08:00 às 16:00h

ORIENTAÇÃO REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA - (CSOC) - 08:00 às 14:00h

ORIENTAÇÕES (TRANSFERÊNCIA E COMERCIALIZAÇÃO) CADASTRO E ATUALIZAÇÃO - (CCOM e CSOC) - 08:00 às 16:00h

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - (SIC) - TRIAGEM E INFORMAÇÕES GERAIS - ORIENTAÇÕES FUNDAP/SEHAB - 08:00 às 16:30h


Clicando aqui você terá informações detalhadas a respeito de todos atendimentos realizados pela Cohab.

Atendimento Web
Ouvidoria Cohab Campinas
Informações sobre concurso público
Portal da transparência
Acervo cultural
Acervo cultural