Notícias

Prefeitura sorteia mais 3.743 apartamentos pelo Minha Casa Minha Vida

O trabalho transcorreu de forma tranqüila durante todo o dia

Rita Hennies e Edison Souza
24/09/2012

A Prefeitura, por meio da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas) e da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), promoveu, neste sábado, dia 22 de setembro, no plenário da Câmara Municipal, o sorteio de 3.743 candidatos aptos a participar do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) e de um cadastro reserva, ambos  vinculados ao Cadastro de Interesse em Moradia (CIM), administrado pela Cohab.

Os sorteados serão convocados pela Cohab-Campinas, na ordem de hierarquização estabelecida pelo sorteio, para montagem de pastas de documentos, que serão encaminhadas à Caixa Econômica Federal para avaliação. Caso aprovados, eles celebrarão contratos de aquisição de unidades habitacionais vinculadas ao PMCMV.

Já os candidatos do cadastro reserva serão convocados apenas na eventualidade de exclusão, desistência, impedimento ou não cumprimento das normas do programa por parte dos sorteados.

A lista com os nomes dos sorteados já pode ser conferida no site da Cohab-Campinas, pelo www.cohabcp.com.br.

Autoridades e convidados reconhecem a importância do evento

O sorteio, que foi acompanhado por cerca de 400 convidados e por mais de duas mil pessoas, através de um telão montado do lado de fora do prédio da Câmara, contou com as presenças do secretário de Habitação e presidente da Cohab-Campinas, Clélio Leme, do secretário de Infraestrutura Dirceu Pereira Júnior, que representou o prefeito Pedro Serafim, de um representante da União dos Movimentos de Moradia, Sidnei Euzébio Pita, do secretário executivo da Associação Brasileira de Cohabs, Nelson Nicolau Szwec, da vice-presidente da Comissão de Direitos Imobiliários da Ordem dos Advogados do Brasil em Campinas, Ilda dos Santos Furlan, de vereadores e representantes de diversas associações de bairros.

O secretário Dirceu Pereira Júnior disse que o prefeito Pedro Serafim não pode comparecer, mas que ele estava muito feliz pelas famílias. "Continuamos trabalhando e dentro de pouco tempo mais 4 mil moradias serão disponibilizadas em Campinas", afirmou.

Clélio Leme agradeceu a parceria da Caixa Econômica Federal e disse que o evento somente foi possível graças ao empenho de todos os funcionários da Cohab e da Sehab. "É gratificante ver que todo mundo se envolveu e a recompensa está na alegria das pessoas que vão ganhar uma moradia digna através do Programa Minha Casa Minha Vida. Vale a pena destacar, também, a participação neste processo dos movimentos populares por moradia, já que, juntos, podemos fazer muito mais pela conquista de moradias dignas", completou.

Após as saudações iniciais, o diretor jurídico e comercial da Cohab-Campinas, Aristeu Bento de Souza, explicou aos participantes como seria o sorteio, durou o dia todo.

Esperança

A aposentada Silmara Regina Oliva foi a primeira sorteada dentro do grupo dos portadores de deficiência. Ela ressaltou a alegria que estava sentindo naquele momento. "É maravilhoso. Moro sozinha, não tenho família e preciso do apartamento. Silmara garantiu, ainda, que a sua documentação está em dia e se mostrou confiante. "Agora é esperar para ver, mas tenho certeza que está tudo certinho. Se Deus quiser, logo vou morar na minha casa", comemorou.

Já a professora Maria Alice Tristão, que vive com o segundo marido, ainda estava com os olhos marejados e disse que estava incrédula pelo fato de ter sido sorteada entre tantas pessoas. "Foi uma sensação estranha. Eu fiquei orando o tempo todo e nem vi meu nome no telão no momento do sorteio. Reparei depois, na listagem que ficou na tela".
Maria Alice contou que já teve um imóvel próprio, mas que, com o fim do primeiro casamento, ela teve de vendê-lo. "A expectativa é grande por estar debaixo de um teto que será meu de novo. Tenho certeza que vai dar certo e que não terei problemas com a documentação", destacou confiante.

Preparação do sorteio durou dois meses

Os trabalhos de preparação para o sorteio começaram em julho de 2012, mês em que a Cohab-Campinas suspendeu o cadastramento voltado ao Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) para relacionar, entre os cadastrados do Cadastro de Interesse em Moradia (CIM), os que cumpriam os principais pré-requisitos para serem contemplados pelo programa. Após essa verificação, chegou-se ao total de 51.938 candidatos aptos a participar do sorteio.

A partir da obtenção do total oficial de candidatos, representantes da Secretaria de Habitação (Sehab) e da Cohab-Campinas definiram a forma como ocorreriam os trabalhos e o regulamento, que foi amplamente discutido interna e externamente, junto a outros órgãos da Prefeitura, e avalizado pela Secretaria de Assuntos Jurídicos.

Definidas as regras, todos os setores da Sehab e da Cohab-Campinas se mobilizaram  para viabilizar o sorteio, por meio de diversas ações:  aquisição de novos equipamentos e desenvolvimento de programas, para leitura ótica dos cartões com os nomes dos candidatos; confecção e separação de cartões com códigos de barra, que foram divididos entre as categorias de idosos, deficientes e demais cadastrados da Cohab, por exigência legal; elaboração e distribuição de um boletim informativo pelos principais pontos da cidade (terminais urbanos, unidades de saúde, administrações regionais, saguão do Paço Municipal e empresas diversas), com apoio da Secretaria Municipal de Comunicação, de modo a garantir a difusão das informações sobre o processo;  além da elaboração e etiquetagem de 51.938 cartas destinadas aos candidatos, para prestar informações sobre a participação de cada um deles no sorteio.

Dentre as ações relacionadas à preparação do sorteio também se destacam a remessa, via Correios, de 51.938 cartas, com apoio da Secretaria Municipal de Receitas; elaboração de diversos ofícios para solicitação de apoio de outros órgãos municipais, estaduais e da Câmara Municipal; realização de reuniões com a TV Câmara e Rádio Educativa FM, para definir a transmissão simultânea dos trabalhos; cobertura jornalística da apresentação oficial sobre o sorteio ao vereadores, realizada em parte da sessão do dia 12 de setembro, na Câmara Municipal; impressão e plastificação de mais de 500 crachás de identificação para funcionários e convidados do evento; organização de entrevista coletiva, destinada à divulgação oficial do sorteio, entre outras funções.

Além de toda essa preparação, nos últimos quinze dias, todos os setores da Secretaria de Habitação e da Cohab-Campinas estiveram empenhados na prestação de informações e esclarecimento das dúvidas sobre o sorteio por telefone, pelo atendimento presencial na Central de Atendimento, Ouvidoria e Serviço de Informação ao Cidadão da Cohab, e por meio do trabalho de mobilização junto às lideranças e associações de bairro, realizado pelas coordenadorias setoriais de habitação, vinculadas à Coordenadoria Especial de Habitação Popular/Sehab.

Uma comissão fiscalizadora, formada por servidores da Secretaria de Habitação e por funcionários da Cohab-Campinas, acompanhou todas as fases preparatórias do sorteio, incluindo a lacração das urnas e os procedimentos e ações adotados durante o sorteio, para garantir a transparência de todos os atos relacionados aos evento.

Continuidade

A organização do sorteio habitacional ocorrido neste sábado, dia 22 de setembro, faz parte das ações vinculadas ao Programa Minha Casa Minha Vida, coordenadas pelo município por meio da Cohab-Campinas e da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), conforme estabelecem a Lei Federal 11.977/2009, que instituiu o programa, e a Portaria 610/2011, do Ministério das Cidades.

Campinas obteve a aprovação de 7.430 unidades habitacionais no âmbito do PMCMV, do Governo Federal, para as famílias com renda familiar de até R$ 1.600,00. Deste total, 3.687 unidades foram destinadas às famílias provenientes de assentamentos irregulares, em razão de viverem em áreas de risco ou terem sido desabrigadas por motivo de risco e realocadas em projetos de regularização fundiária, conforme dispõe o item 3.3, da Portaria n. 610, do Ministério das Cidades e da Deliberação n. 01/2010 do Conselho Municipal de Habitação.

 

 

localização da cohab campinas
webmail cohab campinas
Horário de atendimento ao público de segunda a sexta-feira:

SERVIÇOS DE COBRANÇA - (CCOB) - 08:00 às 16:30h

ORIENTAÇÕES LIQUIDAÇÕES E FUNDOS - (CLFU)- 08:00 às 16:00h

ORIENTAÇÃO REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA - (CSOC) - 08:00 às 14:00h

ORIENTAÇÕES (TRANSFERÊNCIA E COMERCIALIZAÇÃO) CADASTRO E ATUALIZAÇÃO - (CCOM e CSOC) - 08:00 às 16:00h

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - (SIC) - TRIAGEM E INFORMAÇÕES GERAIS - ORIENTAÇÕES FUNDAP/SEHAB - 08:00 às 16:30h


Clicando aqui você terá informações detalhadas a respeito de todos atendimentos realizados pela Cohab.

Atendimento Web
Ouvidoria Cohab Campinas
Informações sobre concurso público
Portal da transparência
Acervo cultural
Acervo cultural