Notícias

Governo anuncia recuperação ambiental de 11 áreas de risco

Doni Vieira
11/06/2012

“A remoção de famílias de áreas de risco das margens dos córregos para conjuntos habitacionais e a recuperação ambiental desse trechos são extremamente importantes para melhoria da qualidade de vida em toda a cidade”. Assim o prefeito Pedro Serafim resumiu o trabalho de reflorestamento de 11 locais nestas condições que está sendo executado pela Administração municipal.

A ação é também mais uma iniciativa apresentada na Semana de Meio Ambiente, que vem sendo comemorada na cidade desde o dia 5 de junho (Dia Mundial do Meio Ambiente) com o desenvolvimento de diversas atividades.

Participaram do encontro realizado na tarde desta quarta-feira, dia 6 de junho, que discutiu o andamento deste trabalho, os secretários municipais de Chefia de Gabinete, Alcides Mamizuka, de Habitação e presidente da Cohab-Campinas, Clélio Aparecido Leme, e o presidente da Sanasa, Marco Antônio dos Santos. Também acompanharam a reunião técnicos dessas áreas e das secretarias de Meio Ambiente e de Serviços Públicos.

Conforme o prefeito, com a saída das famílias desses trechos e a recuperação ambiental, que prevê o plantio de milhares de mudas de árvores, evita-se que os locais sejam ocupados novamente por outras pessoas e que, por conta disso,continuem causando transtorno e representando riscos, sobretudo no período de chuvas.

Para o secretário Alcides Mamizuka, o reflorestamento das áreas de risco protege os córregos e devolve novamente o verde aos moradores dos bairros. “Além disso, estamos também evitando que ocorram erosões no solo, provocando mais danos ao meio ambiente”, observou.

O secretário Clélio Leme disse que no intervalo entre a saída da última família da área de risco e o início da recuperação ambiental, equipes de sua Pasta fiscalizam os trechos para que não sejam ocupados por famílias novamente. “São locais de risco onde nunca poderia haver moradias nem ser habitados por famílias”, comentou.

Outro fator enfatizado pelo secretário é a importância de todo o projeto, como por exemplo, o trabalho conjunto das secretarias de Habitação e Meio Ambiente. “O Programa Minha Casa Minha Vida está oferecendo pra nós a possibilidade de mudar a vida de muitas pessoas. Antes a gente removia as famílias e encaminhava, por exemplo, para o Auxílio Moradia,  mas agora tudo é diferente. As pessoas são encaminhadas para um imóvel onde elas vão desfrutar de conforto e segurança para o resto da vida. Se trabalharmos juntos, os resultadospositivos serão ampliados.”, pontuou Leme.

Projeto

O Projeto de Desocupação das Áreas Impróprias e a Recuperação Ambiental engloba a remoção de famílias e reflorestamento da mata ciliar de 11 locais em diversos pontos da cidade, somando, no total 730 mil metros quadrados e atinge cerca de 6 mil famílias. É realizado por meio de trabalho conjunto das secretarias municipais de Chefia de Gabinete, Habitação, Meio Ambiente e Serviços Públicos, além da Sanasa e da Cohab.

O primeiro trecho beneficiado foi o Beco do Mokarzel II, no distrito de Sousas, de onde foram retiradas as famílias e providenciado o plantio de várias mudas de árvores. A recuperação ambiental é iniciada após a transferência de todas as famílias, remoção dos barracos e o preparo do solo.

Estão na lista outros trechos situados em Sousas (Jardim Conceição) e nos bairros Paraíso de Viracopos, Jardim Liza I e II, Vila Vitória, Jardim Ouro Verde, Jardim Campo Belo, Parque Shalon, Santa Lúcia e Vila Boa Vista, entre outros.

Mudas

A previsão dos técnicos é que todos os locais estejam livres e prontos para receber o reflorestamento até o final deste ano. No total, serão plantadas aproximadamente 120 mil mudas de diversas espécies de árvores de mata ciliar, entre pioneiras e secundárias.

A vegetação do tipo pioneira cresce mais rápido e são desse grupo as espécies sanga d'água e quaresmeira. Entre as secundárias constam os ipês e o cedro rosa.

Além do reflorestamento, esses trechos receberão posteriormente um projeto de parque linear próprio para cada área, contemplando trilhas para caminhada, campos de areia e quadras poliesportivas, além de academia para idosos, entre outros equipamentos para lazer e recreação.

localização da cohab campinas
webmail cohab campinas
Horário de atendimento ao público de segunda a sexta-feira:

SERVIÇOS DE COBRANÇA - (CCOB) - 08:00 às 16:30h

ORIENTAÇÕES LIQUIDAÇÕES E FUNDOS - (CLFU)- 08:00 às 16:00h

ORIENTAÇÃO REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA - (CSOC) - 08:00 às 14:00h

ORIENTAÇÕES (TRANSFERÊNCIA E COMERCIALIZAÇÃO) CADASTRO E ATUALIZAÇÃO - (CCOM e CSOC) - 08:00 às 16:00h

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - (SIC) - TRIAGEM E INFORMAÇÕES GERAIS - ORIENTAÇÕES FUNDAP/SEHAB - 08:00 às 16:30h


Clicando aqui você terá informações detalhadas a respeito de todos atendimentos realizados pela Cohab.

Atendimento Web
Ouvidoria Cohab Campinas
Informações sobre concurso público
Portal da transparência
Acervo cultural
Acervo cultural