Notícias

Habitação recebe lideranças da ocupação irregular instalada no Parque Cidade Campinas

Rita Hennies

Técnicos da Secretaria de Habitação, além do secretário, Clélio Leme, receberam na tarde desta terça-feira, 24 de janeiro, na sede da Cohab-Campinas, uma comissão formada por cinco lideranças das 90 famílias ocupantes da área particular localizada no Parque Cidade Campinas, na região Norte, no limite entre Campinas e Sumaré.  

Parte do grupo começou a ocupar a área, de cerca de 1.500 m², no final da semana passada. Eles vivem em área de risco há cerca de 10 anos, ao lado da área particular invadida, e alegam que estariam esperando solução para o caso há muitos anos e que vêm enfrentando enchentes recorrentes.

Outro grupo, menor, ajudou a reforçar o movimento ainda na semana passada, pois vivem em casas alugadas no mesmo bairro, e, segundo eles, não teriam condições de continuar a arcar com esse custo.
Os líderes pleitearam, basicamente, o atendimento das famílias em programas habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV).

Resultados

No final do encontro, o secretário de Habitação e dois técnicos do setor habitacional acordaram, junto ao grupo, dois encaminhamentos principais. O primeiro é a realização de uma vistoria na área de risco onde vive grande parte das famílias, que invadiram a área particular, para levantamento das condições do local. O segundo é a atualização do cadastro desse grupo no MCMV, realizado em 2009, a partir da demanda que as lideranças se prontificaram a apresentar, como forma de colaborar com os trabalhos.

Quanto às famílias que já vivem em casas de aluguel no bairro, a situação terá de ser analisada, para verificação da possibilidade de cumprimento dos requisitos estabelecidos pelo Minha Casa, Minha Vida. O principal deles é obter renda familiar de até R$ 1.600,00. Somente após essa análise, será possível saber se poderão ser atendidos nos programas habitacionais coordenados pelo município.

De acordo com o secretário, Clélio Leme, a Secretaria de Habitação se dispôs a ouvir as demandas das famílias, mesmo com o fato da ocupação ser ilegal. “Sabemos que muitos passam por situações difíceis, principalmente quem já vive em lugares impróprios e sob risco. Vamos aguardar a apresentação da demanda por moradias, por parte das lideranças, e analisar os demais casos, para verificar a possibilidade de atendimento”.

O motorista José Roberto Pavini, um dos líderes da ocupação, foi um dos participantes do encontro. “A reunião foi boa. A gente se sentiu apoiado. Tenho esperança de que vão avaliar nossa situação”, declarou.
Outro que integrou a comissão recebida pela Habitação foi o ajudante geral, David Aparecido Lopes. Apesar de afirmar que ainda se sente inseguro, por conta de outras promessas, viu com bons olhos o fato do grupo ter sido recebido. “Se prontificaram a nos receber e nos ouviram. Foi um passo importante”, salientou.

localização da cohab campinas
webmail cohab campinas
Horário de atendimento ao público de segunda a sexta-feira:

SERVIÇOS DE COBRANÇA - (CCOB) - 08:00 às 16:30h

ORIENTAÇÕES LIQUIDAÇÕES E FUNDOS - (CLFU)- 08:00 às 16:00h

ORIENTAÇÃO REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA - (CSOC) - 08:00 às 14:00h

ORIENTAÇÕES (TRANSFERÊNCIA E COMERCIALIZAÇÃO) CADASTRO E ATUALIZAÇÃO - (CCOM e CSOC) - 08:00 às 16:00h

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - (SIC) - TRIAGEM E INFORMAÇÕES GERAIS - ORIENTAÇÕES FUNDAP/SEHAB - 08:00 às 16:30h


Clicando aqui você terá informações detalhadas a respeito de todos atendimentos realizados pela Cohab.

Atendimento Web
Ouvidoria Cohab Campinas
Informações sobre concurso público
Portal da transparência
Acervo cultural
Acervo cultural